quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

FÓRUM MUNDIAL DE CULTURA ESPIRITUAL

ASTANA, 18-20 Outubro, 2010

Resolução

Após ouvir, discutir e tomar conhecimento com os relatórios endereçados à Seção no. 5,
provenientes de cientistas e representantes civis de várias organizações e instituições, da Rússia, EEUU, Austrália, Bielorússia, França, Brasil, Suíça, Alemanha, Canadá, Sérvia, México, Israel, Costa-Rica, Japão, Ilhas do Havaí, Ucrânia, Turquia, Lituânia, Algéria, Bolívia, Cameron, Látvia, Palestina, Reino Unido da Grã-Bretanha, Índia, Argentina, Áustria, Ruanda, Nigéria, Tajiquistão, Guatemala, Geórgia, Nova Zelândia, China, Peru, Eslovênia, Kazaquistão, Irlanda, Espanha, Escócia, Noruega, Libéria, Hanna, Paquistão, Nicarágua, Nepal, Checklosváquia, Bulgária, Azerbaijão, Mauritânia e outros, (totalizando mais de 50 países), que compareceram à Seção No. 5 do Fórum Mundial de Cultura Espiritual, realizado em Astana, KZ, no período de 18-20 de Outubro) e após considerar suas opiniões sobre as perspectivas da humanidade para o desenvolvimento da noosfera, onde o comportamento consumista da comunidade planetária está mudando em prol de uma Biosfera da Terra, os participantes estão declarando o seguinte:

- A civilização tecnogênica está rapidamente entrando em uma fase crítica do ciclo cósmico, decorrente da mudança evolucionária do Planeta causada por uma alternâncias das qualidades biosféricas, que afetam a vida interna e externa da humanidade inteira.

- Uma vez que a civilização planetária tem sido transformada através do seu desenvolvimento histórico em uma força bio-geológica poderosa, com capacidade de desequilibrar todos os principais ciclos e estruturas biosféricas, bem como o meio de abrangência cósmica, padrões de atividade cósmica e inter-relações que busquem harmonizar a Humanidade, Natureza e o Cosmos tornam-se extremamente necessários.

- Os principais problemas da nossa época colocam uma incumbência para a humanidade de integrar imediatamente todos os poderes intelectuais a fim de se estabelecer uma Estratégia Mundial e Programa Construtivo para a Sobrevivência da Humanidade, desenvolvido em favor de todos os povos, regiões e em prol do próprio Planeta Terra.

- Os problemas globais e o caráter da própria crise sistêmica demandam uma concentração dos recursos científicos a nível de pensamento noosférico para serem resolvidos de uma forma otimizada.

- O principal caminho para a construção da qualidade de vida a ser construída na nova era será uma reversão regular do ponto de vida holístico que foi verdadeiro para a antiga sabedoria e para a Escola Cosmista Russa, baseada na lei do desenvolvimento em espiral e representada por nomes que pertencem ao “fundo dourado” de toda a humanidade (Feodorov N.F., Florensky P.A., Tziolkovsky K.E., Vernadsky V.I., Chizhevsky A.L., Rerich N.K., Kaznacheyev V.P. e outros) que consideraram o Universo, a biosfera e o ser humano como um sistema único, com conexões diretas e reversas de interrelações e mecanismos de regulação entre o Ser Humano e o Cosmos.

- A compreensão da ética inter-relacional entre o Ser Humano e a Natureza constitui a principal ferramenta de realização do pensamento noosférico. Os mecanismos legais em prol de uma nova Lei Legislativa internacional, baseada nos fatores condicionados que estão conduzindo a atividade de vida da Humanidade e o mundo vivo inteiro podem se tornar seu meio prático de implementação.

- Iniciativas sugeridas por cientistas de vários países, envolvidos com a transformação noosférica das relações sobre a aplicação dos recursos da natureza em favor de um desenvolvimento sustentável de nações, têm impulsionado reuniões internacionais de Organizações Não-Governamentais a fim de promoverem uma chamada pacífica e sábia para a existência humana na Terra, que seja estrategicamente de acordo com os interesses das gerações atuais e futuras.

- Os ensinamentos de V.I. Vernadsky sobre a Noosfera sendo desenvolvidos por cientistas modernos e especialistas em educação reconhecem como uma experiência, o conhecimento do ser humano como algo fundamental para a capacidade de geração de vida, um mecanismo de atividade de vida e aprendizado mundial, obtendo-se assim as características de uma plataforma sócio-eco-econômica básica para o desenvolvimento de uma comunidade de povos planetários inter-dependentes.

- Esta é a razão da necessidade de uma formação sólida e aprovação, para então procedermos com a implementação dos princípios básicos e aplicativos da educação noosférica, sem a qual a humanidade não sobrepujará sua natureza destrutiva e sua ignorância biológica, arriscando o colapso da civilização.

- O Programa de Desenvolvimento Estratégico da República do Kazaquistão baseia-se em projetos desenvolvidos por cientistas modernos, baseado em projetos científicos e sócio-eco-econômicos fundamentais. Tal plataforma é a base para aliviar as ameaças e riscos da globalização estadual soberana, sendo uma fundação para o desenvolvimento estratégico do Kazaquistão.

- O desenvolvimento da civilização noosférica e a criação dos sistemas inovadores sócio-econômicos devem ser baseados em tecnologias de ponta, ecologicamente seguras em todas as esferas da atividade de vida. Permite que áreas poluídas possam ser curadas e proporciona um período de transição para a sociedade, indo dos modelos instáveis para os modelos sustentáveis a fim de que a produção e o consumo possam ser ativados.

- Os territórios do Norte, Sibéria e Altai podem se tornar uma das regiões modelos da Rússia para as realizações de conquistas técnicas, científicas e sócio-eco-econômicas. Para a implementação dessas idéias, é também recomendável que o território de Kamchatka e, fora das repúblicas pós-soviéticas, a República do Kazaquistão, que adotou um programa governamental para 2007-2024 abrangendo uma transição para seu desenvolvimento sustentável, deve ser considerada.

- A crise de despopulação dos povos em regiões deprimentes da Terra, as ameaças da globalização e o aumento dos riscos manifestados através do agravamento das doenças da população, aguçam a necessidade atual para a regulamentação legal de documentos para que novas leis do tipo da noosférico possam ser adotadas.

- Torna-se necessário que os povos da Terra, especialmente aqueles que estão formando e implementando decisões trabalhistas, espirituais, políticas ou outras, relacionadas com a demografia e atividade de vida dos povos, que sejam conclamados a considerar a abordagem noosférica incluída nos trabalhos daqueles cosmistas russos já mencionados (Tziolkovsky K.E., Vernadsky V.I., Chizhevsky A.L., Kozyrev N.A., Kaznacheyev V.P, e outros) bem como na CONSTITUIÇÃO ÉTICA-ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE.

- Sobre os resultados das sugestões coletadas dos participantes do Fórum Mundial de Cultura Espiritual, Seção V – Iniciativa Estrategicamente Global da Sociedade Civil Mundial: CONSTITUIÇÃO ÉTICA-ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE” e considerando-se também a análise dos relatórios apresentados à seção pelos representantes de mais de 50 países do mundo antes to início do Fórum, as seguintes decisões foram tomadas:

- aceitar a idéia da humanidade da Terra tornar-se integrada como uma civilização noosférica comprovadamente única, sendo esta a condição básica para uma transição para a sociedade noosférica;

- adotar como um documento novo legal apreciado – a CONSTITUIÇÃO ÉTICA-ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA DA HUMANIDADE, como uma fundação. Após a revisão considerada durante o Fórum Mundial de Cultura Espiritual, sugerir que a Noo-Constituição seja discutida em conferências de Organizações Não-Governamentais do Mundo, e no ECOSOC das Nações Unidas, para o desenvolvimento posterior das principais idéias do documento, de forma que o início das capitais regulamentações seja estabelecido;

- sensibilizar os povos e nações, as alianças interestaduais e organizações internacionais do mundo inteiro para adotarem nas suas atividades os princípios de universalidade da interação energia-informação entre natureza e sociedade, sugeridos nos conceitos da Constituição Noosférica para a Humanidade;

- aprovar as idéias dos participantes do Fórum Mundial de Cultura Espiritual que propuseram uma discussão da Minuta da CONSTITUIÇÃO ÉTICA-ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE, como um modelo de economia e política noosférica, possuindo indicadores de monitoramento noosférico para o desenvolvimento sustentável de territórios em crise, como uma ferramenta para a interação da comunidade civil internacional com os líderes políticos de todas as possíveis categorias, incluindo o CONSELHO SOCIAL E ECONÔMICO (ECOSOC), das Nações Unidas, o CONSELHO MUNDIAL PARA AS INICIATIVAS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (WCSDE), PROON e UNEP.

- apoiar a sugestão da ASSEMBLÉIA MUNDIAL ESPIRITUAL, ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA – NSEWA, para que seja estabelecido um setor com poderes noosféricos dentro das estruturas de poder dos países do mundo, o qual será responsável pelo clima espiritual-ético do país, a ser formado considerando-se suas tradições nacionais e seus paradigmas sobre uma nova visão do mundo científica e moderna.

- apoiar uma iniciativa dos participantes da Seção V - sobre o Parlamento dos Povos do Mundo da UNO, a ser estabelecido. O Parlamento dos Povos do Mundo pode se tornar um centro de estabelecimento da noosfera, a ser efetivado no planeta como um “órgão central” criado através da participação de grandes organizações internacionais; sugerir que o Parlamento dos Povos do Mundo assessore o paradigma da visão de mundo moderno com base nos ensinamentos dos Cosmistas Russos a serem estabelecidos (Ensinamentos de Vernadsky V.I., Tziolkovsky K.E., Kozyrev N.A., Kaznacheyev V.P e outros), buscando fornecer uma base científica para a criação de uma nova doutrina ideológica cosmo-planetária que integre todos os povos;

- apoiar a iniciativa do Kazaquistão de realizar regularmente Fóruns Mundiais de Cultura Espiritual para os povos do planeta;

- uma vez que as despesas militares dos países do mundo (i.e. as despesas com a destruição
das bases de vida natural da humanidade) excede em 27 vezes a despesa para a recuperação ecológica, apoiar as sugestões da Assembléia Mundial Espiritual Ecológica e Noosférica – NSEWA, aprovadas nas seguintes reuniões mundiais: o Fórum dos Povos, (em Johannesburg, 2002 ), A Exposição Mundial de 2005 (Nagoya, Japão), o Segundo Congresso Planetário sobre os Direitos Biosféricos (Brasil, 2006) – relacionadas com o estabelecimento de um Fundo de Estabilização para a “Terra Viva”, a ser criado com o investimento de no máximo 1% do dinheiro alocado para propósitos de defesa, para esta área. Esses recursos seriam usados para a recuperação da destruição do planeta, após as conseqüências dos conflitos militares, atividade de vida humana, para mitigação e redução das conseqüências das calamidades ecológicas, atos terroristas, e outros. A atividade de controle do Fundo estaria sob o controle das Nações Unidas – do ECOSOC. O Fundo para a “Terra Viva” seria estabelecido pelo Parlamento dos Povos do Mundo;

- proclamar o ano de 2013 como o Ano Mundial de Vladimir Ivanovich Vernadsky, dedicado ao 150º aniversário do criador da concepção noosférica sobre o desenvolvimento humano civilizado, sob a égide da UNESCO e de outros órgãos engajados com a preparação do
futuro Fórum Mundial de Cultura Espiritual;

- estabelecer um prêmio internacional “A Noosfera” assim denominado em nome de
V.I. Vernadsky, com um prêmio monetário e um símbolo especial “O Dourado Integral”
a serem dispensados através do Fundo da “Terra Viva” para a melhor conceituação sobre o desenvolvimento da humanidade noosférica, excluindo-se as oposições militaristas. Este bônus seria concedido uma vez por ano por ocasião do aniversário de V.I. Vernadsky, no dia 12 de março. A quantia do prêmio em dinheiro será definida após o registro do fundo dos recursos acumulados pela coleta recebida das instituições militares de diferentes nações;

- apoiar as iniciativas da Academia Russa de Educação – Instituto Smolny (St. Petersburg) para: a) estabelecer uma Assembléia de Educação Superior para orientação sobre o ensino da noosfera nas instituições; b) implementar um paradigma noosférico de desenvolvimento das ciências, e conhecimentos específicos para os institutos educacionais; c) preparar uma série de materiais de estudo sobre as bases noosferológicas;

- apoiar uma proposta do Colégio Coordenador NSEWA, sobre a revista “The Noosphere Herald” (O Mensageiro da Noosfera), e o almanaque enciclopédico “The XXI Century Noosphere”(O Século XXI Noosférico), a serem publicados. Um conselho editorial científico será formado de cientistas noosferologistas renomados e de líderes políticos de orientação noosférica;

- apoiar uma proposta de celebração anual no dia 19 de Outubro, como o Dia Mundial da
Noosfera;

- encaminhar a Resolução do Fórum Mundial de Cultura Espiritual para a UNO, UNESCO,
O Conselho Europeu, aos líderes dos países, e organizações internacionais, para uma realização mútua;

- conclamar os povos do mundo inteiro, especialmente aqueles que estão formando e implementando decisões trabalhistas, espirituais, políticas, e outras concernentes à situação do nosso planeta e dos povos que nele habitam, de forma a serem guiados através de uma abordagem noosférica nas suas atividades e agindo em favor do senso comum, resgatando a vida da humanidade e do mundo vivo;

- recomendar às pessoas que militam com cultura, educação, ciência, técnicos, profissionais de saúde, pessoas ligadas à política e demais pessoas públicas do planeta, para que iniciem os regulamentos e princípios da NOO-CONSTITUIÇÃO a serem aplicados nas suas vidas diárias.”

Tradução Livre pela Profa. Tânia Belfort – NSEWA BRASIL –starofpeaceone@gmail.com

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

COMENTÁRIO CONCEITUAL SOBRE A NOO-CONSTITUIÇÃO

“A NOO-CONSTITUIÇÃO é a quintessência dos estudos teóricos no campo da ciência cósmica. É uma espécie de ESCRITURA NOOSFÉRICA CIENTÍFICA para a jovem geração de habitantes da terra, a qual está sendo oferecida como um conceito ideológico e visão mundial.”

Dra. Liubov Gordina

No terceiro milênio, a Humanidade entrou em uma nova fase do seu desenvolvimento. As últimas publicações científicas contribuíram para a criação de uma visão mundial uniforme. Novos termos entraram para o vocabulário científico: globalização, biocampo, situação biomagnética, tolerância, noosfera, etc...

A exposição inteira da Rússia na Exibição Mundial EXPO-2005 no Japão foi denominada “A Harmonia da Noosfera.”. Exemplos de casas e assentamentos noosféricos foram exibidos nesta oportunidade. Nos stands e balcões da Seção Russa da EXPO-2005, o projeto da Constituição Ética/Ecológica e Noosférica para a Humanidade (Noo-Constituição) foi apresentado. Propostas feitas pela organização não-governamental Assembléia Mundial – NSEWA foram colocadas perante o Fórum Civil Global da Reunião Rio +10 em Johannesburg (2002), superando o estágio das “idéias nacionais” e se tornando planetárias.

Em 2006, Dra. Liubov Gordina retorna ao Brasil e participa do II Congresso Planetário de Direitos Biosféricos, realizado em Brasília, apresentando o seguinte tema: “O Lugar da Noosfera na Evolução Cósmica ”. Nesta oportunidade, recomendou enfaticamente a implementação no Brasil da da NSEWA - Assembléia Mundial Noosférica, indicando uma representante local no Estado da Bahia para acompanhamento dos seus interesses. A maior contribuição da NSEWA, sem dúvida alguma, foi a elaboração da CONSTITUIÇÃO NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE, ou NOO-CONSTITUIÇÃO. Esse instrumento abarca um amplo domínio de jurisdição e elaboração de políticas nas áreas de educação, ciências, artes e cultura. Propõe-se a atuar como um guia confiável, fornecendo novos padrões ecológicos, socio-culturais, biosféricos e noosféricos para a humanidade, auxiliando assim na transição da Biosfera para a Noosfera, movimento já observado e defendido por pesquisadores e cientistas do mundo inteiro. Teria ainda como missão a promoção da paz através da cultura, além de outras medidas, como o estabelecimento de áreas de reserva noosférica, citando como exemplo a de Altai, Mongólia, criando os protocolos necessários para sua manutenção, definindo o propósito e funcionamento desta área sagrada.

Nesta auspiciosa viagem ao Brasil, Dra. Liubov Gordina, juntamente com o cientista russo Dr. Alexander Trofimov, foram recepcionados por Dr. Ulisses Riedel de Resende, que os convidou para uma entrevista na sede da TV Supren, tendo sido entrevistados pelo Embaixador Dr. Luis Brun, e assim seu trabalho foi divulgado em várias partes do continente.

Ainda em setembro de 2006, o mesmo conceito foi apoiado pela Reunião Internacional sobre Educação Noosférica (Assentamento Shapsugskaya da Região Abinsk da Província de Krasnodar) . Nas declarações finais desses encontros, enfatiza-se que esses fóruns têm sido conduzidos dentro dos parâmetros do Fórum dos Povos da Terra para discussão da Noo-Constituição, tornando-se assim uma parte inalienável dos mesmos.

Em Julho de 2009, o conceito da Noosfera têve um desenvolvimento significativo, ao ser incluído no discurso do Presidente Miguel d’Escoto, durante a 63ª. Sessão da Assembléia Mundial das Nações Unidas, tendo sido aceito o uso semântico das terminologias “NOOSFERA” e “Planeta Vivo Terra”, até então não reconhecidos oficialmente. Muitas organizações internacionais expressaram sua apreciação, salientando que finalmente o “gelo começou a derreter”; portanto agora, aqueles que detêm o poder a nível global tornaram-se familiarizados com a importância do desenvolvimento espiritual e ético da sociedade. Esta visão está bem relacionada com o uso de conhecimento científico e esotérico relacionado com o planeta e com o processo de globalização sendo agora direcionado para o campo da Noosfera. Em Novembro do mesmo ano, a Noo-Constituição foi mais vez apresentada em Istambul, Turquia, durante o XV Painel da “Fundação Suprema Mevlana para a União da Fraternidade Mundial” , tendo sido apreciada por todos, inclusive pela Presidente da Fundação, Sra. Bulent Çorak.

Mais recentemente, Dra. Liubov Gordina coordenou a Seção V do Fórum Mundial de Cultura Espiritual, realizado em Astana, Kazaquistão, no período de 18 a 20 de Outubro de 2010. O tema da seção foi “Iniciativas Estratégicas Globais”, sendo a CONSTITUIÇÃO NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE apreciada por representantes de mais de 50 países, configurando o aspecto mais importante discutido neste fórum. Na oportunidade, nosso querido representante da delegação brasileira, Dr. Ulisses Riedel de Resende, foi condecorado por sua efetiva participação nos processos que buscam incentivar a União Planetária e a efetivação da Noo-Constituição.

A compreensão da Noosfera implica na emergência de novas ciências no mundo contemporâneo, como a Globalística que pela primeira vez, reflete o mundo como unidade da natureza e da sociedade. Os padrões da sua dinâmica, seus limites antropogênicos, as relações internas, permitem a provisão da chamada definição “pós-Vernadsky” do termo “Noosfera”. A Noosfera é a esfera de inteligência e espírito da civilização terrestre, universalmente significativa e cientificamente administrada, a qual está sempre se expandindo no tempo e espaço. Sua atividade vital é obtida através da cooperação harmônica da Humanidade e da Biosfera como um todo, limitada pela (densidade de ultrapassagem (poder) da carga antropogênica de cerca de 70 quilowatts/quilômetros quadrados, e em harmonia dentro da própria comunidade mundial, atingida quando o índice de desarmonia socio-econômico não exceda 10-15 (atualmente o significado do último indicador está próximo de 100). A Globalística está cientificamente provando a necessidade de se introduzir regras de comportamento humano que correspondam aos parâmetros descritos atualmente e no futuro.

(1) Como demonstraram os resultados da discussão internacional da Noo-Constituição, a maioria absoluta dos cidadãos do planeta definem “espiritualidade” apenas como se tivesse relacionada aos ensinamentos religiosos, e não apresentam considerações científicas mais amplas para a compreensão do termo. Com relação a isso, os autores acharam necessário mudar para substanciar o nome do documento publicado. Ao invés do nome já bem e mundialmente divulgado de “CONSTITUIÇÃO ESPIRITUAL/ECOLÓGICA NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE”, sugere-se agora que seja chamada de: “CONSTITUIÇÃO ÉTICA/ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE”, com emendas relevantes no texto. Os nomes abreviados de “Constituição Noosférica” e “Noo-Constituição” permanecem sem alterações.

Tais regras, portanto, têm sido unificadas dentro do projeto “CONSTITUIÇÃO ÉTICA/ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE,” o qual percebe a Humanidade como uma categoria espiritual/ecológica, tendo um status legal e um papel social a realizar.

O status legal da Humanidade é um sistema de direitos gerais, liberdades, e deveres dos povos e da Humanidade como foram formulados e adotados pelas Nações Unidas, e suficientemente acrescentados no documento em pauta – normas de relações entre a Humanidade e o Planeta Terra.

O papel social da Humanidade é sua atividade organizada de forma consciente, objetivando garantir a proteção da Natureza e recursos para as atividades da vida, provendo um habitat para diferentes grupos sociais na Terra e no Universo.

A “CONSTITUIÇÃO ÉTICA/ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE” é um documento que estabelece a fundação de uma nova forma de regulação legal na comunidade mundial, baseada na compreensão da Constituição como a Lei da Sustentabilidade (Eterna).

O aparato conceitual do documento foi desenvolvido durante sete anos por cientistas, acadêmicos, advogados, especialistas em cultura e cientistas políticos. A Noo-Constituição descreve, pela primeira vez, os aspectos da atividade de vida humana espirituais/ecológicos em termos da trindade eterna: informação/energia/matéria.

O intercâmbio perene e transformação mútua da energia, informação e matéria continuam no Universo, com a informação e a energia fazendo nascer a matéria. Os corpos materiais estão sendo formados a partir do vácuo físico e campos torques (partículas elementares de energia). A matéria é energia condensada. A espiritualidade (espírito humano) está intimamente relacionada com os componentes da informação (energia potencial); a alma, à concha energética do espírito (energia cinética); e o corpo, ao componente material denso.

Assim, a Humanidade é uma combinação da alma/espírito - componentes (energéticos/informacionais) que estão intimamente ligados à corporificação biológica do universal (cósmico), o qual por sua vez constitui a fundação moral do componente material (soma, corpo) e juntos executam um papel social. A pesquisa científica afirma que o desenvolvimento futuro da civilização poderá continuar apenas se estiver de acordo com as leis da Natureza.

O caráter moral das leis que proporcionam a sustentabilidade da estrutura dinâmica do mundo é bastante evidente. É óbvio que a cultura da administração da informação – ou seja – “a espiritualidade” – é o fator principal do progresso humano.

O Sr. Putin, Presidente da Federação Russa, disse durante uma reunião de negócios da APEC – Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, intitulada “Negócios e Globalização”, realizada no dia 15 de Novembro de 2000, em Brunei: “Sr. Vernadsky, nosso compatriota, no começo do Século XX, desenvolveu uma teoria para a noosfera – o ambiente que unifica a Humanidade. Ela combina os interesses dos povos e países, natureza e sociedade, conhecimento científico e política pública. O princípio do desenvolvimento sustentável foi na realidade construído com base nessa teoria.”



A Noo-Constituição para a Humanidade é uma espécie de código ético comparável na sua essência última com a noção da “integridade coletiva da Humanidade”, i.e, viver de acordo com as “leis unitárias do Universo.” O principal postulado da Constituição não será a punição do culpado, mas o encorajamento da justiça.

Nós não somos profetas. Somos pessoas comuns preocupadas com a propriedade da nossa própria casa. Apenas sugerimos olhar para nós mesmos como se distantes (fora no Espaço). Considerar os problemas da atividade de vida da Humanidade em dimensões planetárias é apenas uma necessidade há tempos amadurecida.

Está na hora máxima para a Humanidade exclamar: “O Planeta está em perigo! Salve-se quem puder!” Bem, a Humanidade já está gritando, nas vozes das pessoas mais avançadas e iluminadas. Elas estão horrorizadas ao ver como a Humanidade está “cortando o galho onde se senta”. Com perseverança, que merece uma melhor aplicação, a Humanidade está tentando destruir sua própria casa – nosso planeta nativo, acabando com seus recursos naturais impiedosamente.

A Humanidade está bem próxima da sua crise sistêmica mais profunda, estando prevista uma catástrofe avassaladora dentro dos próximos 30 anos. Medidas urgentes são necessárias para prevenir o colapso da civilização.

A luta em prol dos recursos naturais não justifica as confrontações militares, uma vez que o uso de tecnologias noosféricas do Século XXI, já sendo desenvolvidas (e novas, que ainda serão indubitavelmente inventadas), permitirá o desenvolvimento sustentável da Humanidade sem briga para a re-divisão do mundo.

Necessitamos de apoio e assistência da geração jovem que no futuro próximo, para defender o planeta da destruição total, enfrentará a tarefa de desmantelar os dejetos das guerras mundiais e confrontações, utilização de armas, equipamentos militares, explosivos, tanto na superfície da terra, como nos mares e oceanos.

Entretanto, mesmo com tendências altamente desfavoráveis do atual desenvolvimento da civilização, se e quando a Humanidade adotar a NOO-CONSTITUIÇÃO, o seguinte se tornará possível:

1. Integração dos povos em uma civilização unitária, universalmente significativa, realizando a vida e as atividades de vida com sabedoria – a Humanidade do Planeta Terra. Formação de uma República (Civilização) Noosférica Unitária dos Moradores da Terra com um governo mundial unitário através da unificação gradual e voluntária (não-violenta) de todas as nações e povos do planeta, a partir dos resultados dos referendos nacionais e territoriais.

2. Estabelecimento das fundações da Lei Cósmica Universal.

3. Melhoria nas legislações das nações mundiais, com o propósito de convergir mutuamente, tornando tais legislações em instrumentos legais para toda a humanidade, capazes de prover condições favoráveis para a vida e condições de vida da Humanidade, dentro de um infinitamente longo período de tempo para seu desenvolvimento social, de acordo com os recursos potenciais disponíveis na Terra e no Espaço.

4. Especificação dos direitos e liberdades das ações do Homem complementadas por normas legais mais novas, tendo um grau maior de significação com relação aos direitos gerais, liberdades e deveres da Humanidade, de acordo com as necessidades da visão mundial noosférica.

5. Conscientização do papel da Humanidade, não apenas na Terra como no Universo.

6. Estabelecimento da paz universal, cessação das guerras e violência, prevenção da destruição do planeta e extinção da sociedade humana.

7. Transição gradual, não-violenta, das fronteiras nacionais para limites territoriais funcionais, medidos conforme a percepção dos povos e seus governos.


8. Estabelecimento do status legal do Planeta (Lei Planetária) como um objeto vivo e ambiente universalmente determinado da atividade de vida humana.

9. Transição evolucionária de organização tecnosférica de atividade de vida para uma espiritual/ecológica e noosférica.

10. Transição global para uma sociocracia através do estabelecimento da República (Civilização) Noosférica dos Moradores da Terra, com um centro de coordenação planetário (órgão colegiado) para administração científica planejada dos principais campos consumidores de recursos da atividade de vida humana.

11. Abolição das relações econômicas destrutivas, incluindo propriedades, baseadas na usura, na extração capitalista do lucro através de quaisquer meios.

12. Promoção de tecnologias ecologicamente limpas e com economia de recursos, incluindo biotecnologia e nanotecnologia, contendo princípios cósmicos de informação e movimento da energia em mente.

13. Admissão da lei da “razão/conseqüência” como a principal lei das relações éticas entre o povo e povos.

14. Admissão da igualdade de gênero (princípio de gênero) em todos os aspectos da atividade de vida humana.

15. Admissão do Universo sem Limites no tempo e no espaço, a partir da descoberta do Campo Unificado como uma matrix holográfica de energia/informação, de acordo com o que está interminavelmente evoluindo.

16. Introdução de sistemas para mensuração do tempo consistente com os ciclos de vida cósmico-condicionados.

17. Controle dos impactos difíceis de serem registrados, mas que estão provocando prejuízos irreparáveis à natureza e à sociedade, provocando mudanças perigosas no caráter da vida humana e no desenvolvimento do ser humano como uma espécie cósmica e biológica.

A adoção e introdução da NOO-CONSTITUIÇÃO permitiria a Humanidade realizar os seguintes objetivos:

- princípios éticos básicos da atividade de vida humana;

- direitos e deveres básicos dos cidadãos, das suas uniões, bem como empreendimentos e organizações envolvidas na produção e aplicação das tecnologias da energia/informação;

- normas legais para o registro dos fenômenos da energia/informação;

- princípios de parcerias entre culturas;

- normas legais consubstanciadas cientificamente e atos reguladores bem como seu uso racional;

- desenvolvimento de educação legal básica no campo do bem estar da Humanidade, a partir da energia/informação;

- uma visão mundial da população espiritual/ecológica e noosférica como o fator social importante definido pela natureza para conter a atividade de vida humana por um período infinitamente longo de tempo;

- criação de novos tipos de produtos, possuindo uma segurança ecológica maior e principalmente novas capacidades;

- integração social da população, especificamente praticantes científicos, religiosos, culturais e sociais;

- introdução de novos meios para salvaguardar e apoiar a saúde da população;

- decréscimo da possibilidade potencial de escravidão violenta da vontade e consciência dos povos, e sua exploração visando lucro;

- desenvolvimento de meios humanos novos e eficientes, bem como métodos de cooperação e comunicação para grupos sociais diferentes da população, em busca de solução de conflitos e para resolver problemas socialmente significativos relacionados com o desenvolvimento social da Humanidade.

O resumo do documento combina características tradicionais, bem como não-tradicionais. A Noo Constituição como um todo é um ato legal completamente tradicional. Seu conteúdo já foi apresentado em formas bem-testadas, conforme normas legais. Isto propicia a evolução de documentos de ação legal a serem elaborados, conforme as necessidades da Noo-Constituição, o que é especialmente importante no período de transição. Seria ingênuo esperar que a futura sociedade sobreviva sem tal instrumento de regulação social como Lei.

O desenvolvimento das normas legais, em conformidade com as diretrizes da Noo-Constituição, continua objetivamente e desenvolve constituições atualmente, sendo promulgadas em diferentes paises, bem como declarações relevantes, garantias/cartas-patentes, acordos, e tratados. A Noo-Constituição é apenas um estágio subseqüente no desenvolvimento da vida social. Baseia-se não no princípio da aplicabilidade da lei, mas no princípio das recomendações legais, a partir do princípio consciente voluntário.

Aqui estamos sugerindo uma moção relativamente nova, sugerindo uma transição dos Direitos Humanos para Direitos da Humanidade. Este novo passo, definindo este assunto da legislação, está transformando os direitos do sujeito em uma nova categoria qualitativamente falando, baseada na fundação tradicionalmente aprovada.

Com relação à forma de apresentação e estrutura do documento, a Noo-Constituição está de acordo com as normas e termos adotados pela ISO – Organização de Padrões Internacionais, uma vez que consideramos os documentos legais como sendo uma forma de atos padrões. (standard acts)

O progresso científico trouxe-nos a um estágio onde a legislação estuda e legalmente define não apenas os fenômenos que já aconteceram (o que existia antes como agora), mas também os fenômenos que podem acontecer. Em outras palavras, o progresso científico introduziu uma abordagem preventiva. Se uma situação não ocorrer, então a lei não deve ser aplicada, mas se na realidade ocorre, as pessoas não devem ser pegas desprevenidas e legalmente despreparadas. Nós não podemos ignorar as estatísticas dos fatos e acontecimentos, sem observar se as explicações científicas que já foram encontradas ou não, como se suficientemente (materialmente) interferissem com as vidas dos seres humanos cujos direitos devem ser defendidos sempre.

Em particular, a Noo-Constituição propõe a manutenção de uma provisão para a Soberania do Planeta Terra, a ser espalhada no “Espaço Adjacente” – Near Space. Os limites do Espaço soberano são oferecidos condicionalmente, com relação às práticas de vôos orbitais realizadas por homens, semelhante à Lei dos Oceanos: O Espaço imediatamente adjacente à Terra é considerado “territorial”, enquanto que o Espaço Remoto seria considerado “neutro”. Consequentemente, os objetos feitos pelo homem no Espaço seriam considerados criaturas ex-territoriais, para as quais a Lei aplicável na Terra seria também aplicada a eles.

Ao analisarmos o Direito à Moradia (ambientes residenciais), da mesma forma, definimos como ambiente de atividade de vida humana. A propósito, a Humanidade é considerada como um organismo unitário, na maioria dos casos onde a Lei está sendo aplicada por analogia; por exemplo, quando lidando com o Direito à Vida.

A maioria das categorias éticas e psicológicas declararam, mas não esclareceram determinados termos, que necessitam ser substanciados (termos como vida, atividade de vida, morte, consciência, dignidade, reputação, integridade, justiça, direito, etc...). Neste mister, nós necessitamos de exatidão, porque a Lei da Ética não pode depender da opinião de especialistas escolhidos de forma aleatória.

Não existem normas legais indiscutíveis. A Noo-Constituição, desde seus primórdios, foi planejada como um documento legal a ser desenvolvido dinamicamente, o qual, com fins de justificar e melhorar esta ou aquela provisão, possibilita que emendas relevantes sejam introduzidas. Os autores estão longe da idéia de apresentar este documento como a única panacéia para salvar o mundo. Mas encaram como sua obrigação, trazer à baila seus próprios inputs para serem desenvolvidos pela sociedade contemporânea. A emergência deste documento tem sido fomentada pelo ritmo de desenvolvimento da civilização terrestre, devido ao estágio de transição historicamente inevitável da biosfera para a noosfera, como foi previsto pelos cientistas cósmicos russos.”


Em 28 de novembro de 2010

Tradução livre de Tânia Belfort

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

NOOSPHERE I - Artwork by BORIS PETROVIC


Este maravilhoso trabalho artístico objetiva ajudar-nos na visualização do DOWNLINK da NOOSFERA, com TRANSFERÊNCIA DE INFORMAÇÕES a partir da MENTE DE TRANSMISSÃO DA TERRA, bem como o UPLINK com a NOOSFERA processando a transmissão de energia através da SINCRONIZAÇÃO DO CORAÇÃO, reconectando-nos com o CORAÇÃO DA GALÁXIA.
Recomendamos a leitura do trabalho abaixo, de autoria de BORIS PETROVIC, apresentado durante o FÓRUM MUNDIAL DE CULTURA ESPIRITUAL realizado em Astana, Kazaquistão, onde esclarece essa tecnologia, para uma melhor compreensão das nossas possibilidades presentes e futuras.

TANIA BELFORT
NSEWA BRASIL

terça-feira, 9 de novembro de 2010

FÓRUM MUNDIAL DE
CULTURA ESPIRITUAL

Astana (Kazakhstan) 18-20 Out 2010’

Discurso de BORIS PETROVIC




Seção 5: “Iniciativa Estratégica Global da Sociedade Civil Mundial:

A CONSTITUIÇÃO ÉTICA-ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE”

Suas Excelências, Eminentes Participantes do Fórum Mundial de Cultura Espiritual, Senhoras e Senhores,

É um grande privilégio falar com vocês hoje. Meu nome é Boris Petrovic. Sou o Coordenador da Rede do Fórum Noosférico. Represento a Assembléia Espiritual-Ecológica e Noosférica na Sérvia, a Sociedade Nikola Tesla na Sérvia e o Instituto para a Nova Cosmologia e a Ciência do Tempo, também na Sérvia.

A conexão noosférica é para seres hiper-sensíveis; constitui uma forma de manifestação da fonte de vida, o pensamento primordial para uma união telepática de todas as espécies vivas no Planeta. A comunhão telepática está se formando através daquilo que é especial na KULT.UR (Cultura), cultivando a luz do corpo humano sutil através da criação de formas artísticas, e de várias práticas vibratórias de sincronização com o tempo cósmico. Estamos pondo em prática a conexão noosférica com as características necessárias para efetivarmos o uplink e o download. Já somos UM, onde o mundo do sonho se encontra com a realidade material. No momento em que as barreiras da consciência e sub-consciência são trazidas para baixo, o downlink do livro infinito do Akasha abre-se com formas de transferência de informação. A manifestação do campo Supramental do planeta Terra é realizada através das práticas de uplink da noosfera, com um outro protocolo diferente do downlink, com novas formas de transferência de energia.

O corpo humano sutil age como uma antena, similar à função de uma simples bobina, com uma configuração operacional não-Hertziana. A freqüência operacional dos cérebros humanos estão sintonizados com a cavidade Ionosférica do planeta Terra.

O aumento das habilidades do uplink noosférico em milhares de antenas humanas está causando um aumento da energia da civilização através da ressonância. A ligação noosférica está derrubando a barreira da percepção humana – a barreira da luz. O modo de conexão ocorre através de ondas super-luminais. Assim, uma nova ciência espiritual e tecnológica está emergindo, proporcionando uma reviravolta completa na ciência. A ciência espiritual ensinará como funcionam os princípios subjacentes da conectividade de todos os seres vivos e da conectividade cósmica.

A efetivação da Constituição Noosférica é um clara indicação da unidade cósmica manifestando-se através dos seres humanos no planeta Terra. A Constituição Noosférica propicia uma plataforma global e uma estrutura para o fortalecimento da ecologia espiritual. Novos modelos de comunidades auto-sustentáveis que praticam a conectividade noosférica estão emergindo, como o Projeto CREST 13, Tamera, e Vissarion. As comunidades virtuais noosféricas estão também ativas na prática da consciência global, incluindo cientistas espirituais oriundos de todas as partes do planeta. A NSEWA – Assembléia Mundial Espiritual, Ecológica e Noosférica deve usufruir deste momentum para desenvolver uma base de apoio para o estabelecimento de um centro de pesquisa global noosférico.

A restituição dos recursos naturais e a autonomia energética através de tecnologias de acesso aberto às fontes, constituem as chaves para a transição das redes biosféricas globais para a Noosfera planetária. A NSEWA - Assembléia Mundial Espiritual, Ecológica e Noosférica apoiará o desenvolvimento de vários modelos biosféricos através do incentivo para o estabelecimento do PRÊMIOX BIOSFÉRICO. Apenas solucionando a crise biosférica planetária, os seres humanos poderão estabelecer contatos de espaço aberto através do espaço espiritual. A Constituição Noosférica é portanto o ponto de transição para a consciência coletiva, equilibrando cuidadosamente os direitos individuais e a liberdade de força criativa em uma comunidade global. Novos modelos de experimentação social, através da pesquisa de ressonância nos sistemas humanos integrados com uma interação pacífica com a natureza, tornar-se-ão caminhos para a cura final do corpo delicado da Terra.

As mudanças na Terra não são apenas mudanças climáticas, e sim um processo sistemático mais complexo direcionado pelo Logos Solar. O ovo cósmico do planeta Terra está prestes a se chocar, através de um processo geológico poderoso. A Kundalini da Terra está ascendendo para uma união cósmica Noosférica, através da interação do sangue do plasma do sistema Solar com o campo magnético da Terra.

As antenas telepáticas da terra – o cérebro global está prestes a ser estimulado, abrindo-se para o campo do não-tempo, na conexão cósmica umbilical da Terra – a Re-conexão Magnética – o ponto nulo magnético da Terra. A magnetosfera da Terra é um acelerador de partículas gigante, e pode ser utilizado como uma ferramenta global para a máquina do tempo. A essência do conflito da dualidade pode finalmente ser resolvido, através da mudança das propriedades da matéria, e codificando de forma a propiciar uma existência multidimensional. A codificação da matéria pode ser alterada através do uplink noosférico.

A situação deste planeta é um reflexo de cada imagem mental criada através das épocas, impressas na esfera celestial. Um novo pensamento de união planetária está emergindo com a Constituição Noosférica. Ela não deverá se constituir em letras mortas escritas no papel, mas sim em uma forma de vida para a humanidade evoluída.

A Noosfera tornar-se-á tanto uma forma de saber como uma forma de ser, integrando completamente o downlink nos sistemas de ressonância humanos. A forma preconizada pela Ecologia Espiritual Noosférica é a única resolução para a crise planetária. O campo mental constitui o mundo das causas, uma vez que podemos ver seus efeitos venenosos crescendo no planeta. As plantas, águas, animais, seres humanos e momentos...Todos eles se precipitam dos céus, ao invés de crescerem a partir do solo. São os venenos da mente global que envenenam a Terra! Uma nova humanidade, utilizando a tecnologia de uplink da Noosfera irá limpar a mente global poluída. Para mudar o curso dos eventos, precisamos acabar com a poluição entre o corpo causal planetário e o fenomenal, de forma que tudo torne-se uma manifestação da verdade. Todos os seres humanos possuem um gêmeo que morreu após nascer. Esse irmão gêmeo negro está presente, mas o trauma da separação enterra-o no subconsciente, o mundo dos sonhos. É este trauma da ruptura entre o dia e a noite que leva a humanidade, sua força grande espiritual para a unidade final com o gênio negro. Além do Sol, existe um outro Sol, um gêmeo negro. Além do planeta Terra, existe também uma outra Terra – uma matéria negra da Terra. A tecnologia da energia negra é a ciência emergente da Noosfera que acessamos através do seu uplink.

A manifestação da unidade cósmica na Terra através da Assembléia Mundial Noosférica é um sinal de comunhão galáctica. O curto-circuito do cérebro global na Onda do Tempo da manifestação noosférica, o que foi aqui apresentado como o espelho do tempo, é a salvação para a humanidade, libertando-a da prisão dos ciclos da dualidade. Direcionando a flecha do tempo, usando a tecnologia da matéria negra no carregamento da mente global, a Magnetosfera da Terra refletirá todos os fenômenos sem distinção no Atrator Evolutivo – o Ponto Ômega. No espelho-do-tempo, nasce um novo universo não-dual – uma imagem não-fraturada do Todo manifesta-se sobre uma Terra multidimensional.

Senhoras e Senhores, já fomos bem sucedidos! Uma rede global Noosférica, Espiritual e Ecológica já está se manifestando em nós, o MANIFESTO DA NOOSFERA!

Links para Referência:


http://www.astanaforum.kz/

http://www.newhumanity.ru/

http://www.noosphereforum.org/

http://www.youtube.com/watch?v=3Kfv9g3A_LE

http://www.n01a.org/noya/index.html

http://www.scribd.com/doc/37477701/DARK-ENERGY-TECHNOLOGY-Theory-and-science-of-the-Rainbow-Bridge



"A Noosfera tornar-se-á um modo de saber bem como um modo de ser,

através da integração completa do downlink da Noosfera

nos sistemas de ressonância humanos.

O caminho da Ecologia Espiritual Noosférica é a única forma

de resolvermos a crise planetária.

O campo mental é o fator de causa,

uma vez que percebemos apenas seus efeitos venenosos

crescendo no planeta.

As plantas, as águas, os animais, os seres humanos e os momentos...

Todos eles se precipitam dos céus

ao invés de crescerem da terra.

É o veneno da mente global que envenena a Terra!

Para mudarmos o curso da humanidade,

precisamos retirar a poluição que existe

entre o corpo planetário causal e o fenomenal,

de forma que todos possam tornar-se

a manifestação da verdade.”

Boris Petrovic

Fórum Mundial de Cultura Espiritual, Astana, Kazaquistão, 2010


Texto editado e formatado pelo autor

Tradução livre pela Profa. Tânia Belfort

NSEWA-BRASIL, Salvador, Bahia

http://www.nsewabrasil.blogspot.com/

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

DECLARAÇÃO DO FÓRUM MUNDIAL DE CULTURA ESPIRITUAL - ASTANA OUT/2010


DECLARAÇÃO DO FÓRUM MUNDIAL DE CULTURA ESPIRITUAL ASTANA OUT/2010

A Declaração – “Para a Nova Paz e Consenso através da Cultura Espiritual”

Nós – participantes do Fórum Mundial de Cultura Espiritual, provenientes de 70 países mundiais, nos reunimos aqui para discutir os assuntos cruciais da modernidade, tais como as maneiras de superar a crise moral e espiritual que destrói um ser humano e toda a sociedade, como alcançar a perfeição espiritual e a criatividade, como implementar os ideais de amizade, tolerância com as crenças, cooperação na vida rotineira, e como apoiar as gerações com um Futuro com condições benéficas para o desenvolvimento da Terra. Na época moderna que vivemos, a humanidade sofre um necessidade aguda de mudar a situação planetária, melhorando assim o meio-ambiente. Os cataclismos mundiais globais e turbulências perturbam cada indivíduo em todos os continentes, fazendo-os considerá-los com o devido cuidado. Além dos fatores naturais, o mundo está despedaçado com a crise econômica, geopolítica e com os conflitos sociais. A destruição das instituições tradicionais que sustentam a moral e o sentido ético representa um risco maior. Estamos certos de que: prover uma melhoria mundial ética e espiritual é nossa missão comum no momento atual e no futuro. Estamos contentes por ter aprovado iniciativas pessoais, públicas e internacionais relacionadas com o Mundo, com o indivíduo, com sua espiritualidade, que possibilitam estabelecer a harmonia no Planeta, e a solidariedade nas nações. A fim de adquirirmos o consenso espiritual, declaramos a prioridade de valores e ideais da Cultura Espiritual, conjugados com o poder da verdade, beleza, criatividade, bondade, e o heroísmo compatível da cooperação auto-sacrificada. A compreensão mútua entre os povos e nações, tolerância religiosa, boa vizinhança, e a elevada apreciação da dignidade humana são os compromissos do Futuro, da humanidade; uma combinação harmoniosa de valores éticos e materiais, com a existência social de pessoas e seus desenvolvimentos intrínsecos.

Confirmamos que a prioridade da Cultura Espiritual que leva à Paz e ao Consenso no Mundo enseja uma contribuição significativa de entusiastas espiritualistas para a transformação do indivíduo, sociedade, e pensamento. A verdade, sinceridade, beleza e o amor definem o estado de existência. Conclamamos a todos para uma mobilização de forças e capacidades para restaurar as relações harmoniosas entre os povos, o Ser Humano e a Natureza, os países-estados. Nossa firmeza de propósitos deriva-se do interesse compartilhado em afirmar a ordem internacional, em criar as condições benéficas para as atividades de vida de cada indivíduo, e de cada nação do Planeta. Torna-se necessário sustar as tendências destrutivas, expressas nas manifestações extremas de egoísmo religioso, nacional e social, do terrorismo, do extremismo, e de grupos totalitários. Buscamos sensibilizar a comunidade mundial para a necessidade de superarmos a crise do espírito e moral, integrando mudanças positivas agora, para a consciência humana e em prol do mundo humano. A renovação moral e ética de uma pessoa pode conduzir a humanidade a salvar o Mundo das destruições. Percebendo esta verdade, relembramos os postulados da Cultura Espiritual:

1. O Amor é a única característica de Vida da nossa riqueza em comum. O consenso espiritual, a compreensão mútua e a tolerância são demonstrações de Amor, a Lei moral comum para o ser humano e para o Universo, a Ética da Vida. A Cultura Espiritual segue esta Lei, definindo-a como uma reafirmação da Base do Gênese. A preservação do Mundo, bem como a salvação da humanidade torna-se impossível de ser realizada sem a energia do Amor. Toda a vida floresce nele, e adquire vida imortal. A Beleza surge do Amor. Torna-se difícil encontrar um sentido na vida sem o Amor.

2. A Virtude é a relação de vida harmoniosa com o meio ambiente. Este princípio inclui a sabedoria da existência humana. Todos os professores e profetas da humanidade costumavam assim dizer, chamando nossa atenção para o princípio chave da Luz: servir o Bem.
“O homem que é feliz e ponderado é aquele que desenvolve e preserva a virtude”- Buddha.
“A virtude é como a água. Serve bem a todas as criaturas enquanto luta contra eles.”- Lao Tzu.
“Demonstre sua fé através da virtude e nela torne-se moderado.”- Jesus
“Aquele que dirigiu-se a Allah e fez o bem, aquele adquiriu uma Base segura.”- Mouhammed.
“Quer sejam os lados vis da existência carregados de paixão e ignorância, seja o alto estado da existência dotado de virtude.”- Krishna

3. A Criação é o traço da vontade de Deus. Onde sua Vontade existe, ela sobreviverá, e a ordem nela reinará. A situação atual planetária está ficando cada vez mais tensa. Desastres destrutivos, lagos mortos, florestas queimadas, dunas movendo-se – todos esses riscos são resultado do pensamento egocêntrico da maioria da humanidade, cujos pensamentos e atos atraem efeitos adversos. A disponibilidade das armas biológicas, químicas e nucleares indicam de forma dramática o estado precário do Mundo.
A Criação, enquanto processo de espiritualização mundial, desempenha um papel significativo. Comitês para salvamento dos lugares ambientais inseguros devem ser estabelecidos. A Criação implica na afirmação da existência, preenchendo o Desejo de Deus nos nossos esforços unificados.

4. A evolução é um requisito regular para melhorar todas as formas de vida. A evolução não consiste em uma forma violenta de perfeição espiritual de um indivíduo ou da humanidade. Qualquer humilhação de um indivíduo, sociedade, natureza, ou vida biológica é um crime contra as tradições da Moral Divina. Este é um crime contra a Razão! A forma não-violenta de ser é caracterizada pela iluminação do pensamento humano; um indivíduo começa a assumir a responsabilidade por sua vida e pelo meio-ambiente; e seu aspecto interno renova-se com a superação da sua característica material, tornando-se uma pessoa altamente espiritualizada.

5. A iluminação espiritual é a iluminação, perfeição, prioridade da educação das gerações através da Cultura Espiritual. O despertar desta Cultura em uma vida humana concede-lhe o patamar de cidadão competente, enquanto vive em uma sociedade com uma personalidade saudável e moderada. A Cultura enquanto experiência da existência social humana é indistinta do lado interno do ser humano, dos seus ideais, consciência estética, que o transformam em um indivíduo moderado orientado para a Luz, e portador da Luz, seguindo o caminho da Verdade, Bondade, Beleza, e Amor. Protege contra o mal e canaliza a consciência humana para uma vida de harmonia, com manutenção da paz, multiplicação de valores espirituais, e da dignidade.

6. Beneficiar o Mundo é um ato sincero de um coração puro. A existência humana está intitulada a usufruir o direito à Vida no contexto de uma sociedade harmonizada. Este direito está garantido para cada cidadão do Planeta. Melhorando nosso Mundo, damos aos nossos filhos a possibilidade de viverem e desenvolverem-se em um ambiente positivo. Propiciar este benefício é a tarefa de preservação da paz do Homo sapiens. A meta do mantenedor da Paz não é apenas defender os valores espirituais dos povos; sua primeira prioridade é curar este mundo, contribuindo efetivamente com as forças da renovação e do bem. Seguir seu coração quer dizer amar a Paz, ostentar felicidade e tornar-se uma pessoa de projeção.

7. A Unidade é a cooperação e o consenso espiritual entre os povos do mundo. Todos os habitantes da terra desejam viver em Paz. Seus valores em comum são: família, filhos, terra natal, amizade, felicidade, segurança, saúde, riqueza, e equidade. O Amor, a Verdade, Deus e a Beleza nos unem para além do nosso status étnico, raça, crença e grupo social. Esses valores devem ser altas prioridades na Vida Humana, o tempo todo.
O Consenso Espiritual conduz a uma existência não-conflitiva, propiciando para eles e seus parentes próximos a possibilidade de não ter medos com relação ao seu Futuro, e a viver em uma sociedade benevolente. Indo da separatividade para a unidade e para a generalidade! – soa como um chamado para o consenso espiritual. A unidade dos Povos é a forma de conduzir o diálogo aberto para construirmos o Novo Mundo.

8. A Equidade é o serviço em prol da verdade. O sentimento de equidade é natural para todos as pessoas que vivem em sociedade. A ruptura dos direitos e liberdades, a ameaça à insegurança e riqueza tornam-se o símbolo do mundo destrutivo. A tendência à crise humanitária cresce. O modelo econômico da paz sofre uma transformação global devido ao progresso técnico. A civilização adquire os traços de um monstro mecânico, reduzindo os princípios espirituais dos povos ao nível de aculturação, o que leva a auto-destruição da individualidade humana. A Equidade deve ser a forma de afirmar as leis superiores da vida, comum a todos os povos e nações. Um indivíduo pode se sentir competente ou uma boa pessoa, apenas se viver em uma sociedade humana e justa.

9. Toda fraternidade humana é hóspede do planeta. Nosso planeta é único nas suas riquezas naturais e nas possibilidades de vida biológica. Todos nós somos seus proprietários comuns. Através da nossa cooperação com a Luz, tentamos realizar o propósito superior do indivíduo: tornar-se um Co-criador de Deus, preservando a Paz e multiplicando os recursos naturais concedidos por Deus. Nós – crianças do Divino, somos chamados de humanidade, o que constitue uma noção genérica de cada um de nós. Compartilhamos de uma única base espiritual e possuímos o mesmo Mundo.

10. A Cultura do Espírito é um marco da Civilização. O amor a Deus e a sua Criação constitui o Poder de Vida. A antiga civilização seguiu o caminho do desenvolvimento material, sem considerar a Luz Divina evolucionária e o poder criativo do pensamento no progresso técnico. Os povos do mundo sempre expressaram suas idéias de vida, eram portadores da Luz. “A Luz era a luz humana.” O livro de Deus assim nos ensina, justificando este pensamento. O mundo velho será substituído pelo mundo novo. Retornaremos às origens da Vida, à Cultura do espírito, e viveremos na Luz deste e de outros mundos no Universo.

Portanto, vamos:

  • aprovar o valor principal da existência humana diariamente – Amando a Deus em nós, enquanto seres encarnados e de forma moderada;
  • reconhecer que somos capazes de melhorar o mundo a cada dia;
  • despertar em nós a cada dia, uma Luz individual, a qualidade do Homem-Criador;
  • conceder às pessoas alegria e misericórdia;
  • seguir as leis da Existência, aceitando a vida na sua unidade, completude e diversidade;
  • esforçar-nos para viver em harmonia com a sociedade com a qual interagimos;
  • apreciar o que Deus nos propicia, acreditando na força da Luz, Sabedoria e Amorosidade.”

Texto formatado e editado por BORIS PETROVIC, bem como a foto
Tradução Livre da Profa. TANIA BELFORT para
NSEWA-BRASIL e UNIÃO PLANETÁRIA
Salvador, Bahia, Brasil, 7 de Novembro de 2010

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

FÓRUM MUNDIAL DE CULTURA ESPIRITUAL - NA CIDADE DE ASTANA

QUERIDOS AMIGOS,

REALIZADO NO PERÍODO DE 18 A 20 DE OUTUBRO DE 2010, TIVEMOS A GRATA SATISFAÇÃO DE CONHECER INÚMERAS PESSOAS ILUSTRES, TRABALHADORES DA PAZ MUNDIAL E DA CULTURA ESPIRITUAL, REUNIDAS EM ASTANA, KAZAQUISTÃO.

FOI UMA LINDA VIAGEM, COM MOMENTOS EMOCIONANTES DE MUITO TRABALHO E COMPROMISSO COM A HUMANIDADE - A TRANSIÇÃO DA BIOSFERA PARA A NOOSFERA É EMINENTE E URGE A MUDANÇA DA NOSSA CONSCIÊNCIA, PARA UMA VISÃO PLANETÁRIA E UNIFICADA, EM PROL DE UM MUNDO MELHOR, SEM GUERRAS OU INJUSTIÇAS SOCIAIS.

COMPARTILHAMOS COM VOCÊS ALGUMAS FOTOS E MOMENTOS DE INTENSA ALEGRIA, COMO A HOMENAGEM ESPECIAL E CONDECORAÇÃO PRESTADA AO NOSSO COMPANHEIRO E IRMÃO DR. ULISSES RIEDEL DE RESENDE, PRESIDENTE DA UNIÃO PLANETÁRIA E DA TV SUPREN, PELA DRA. LIUBOV GORDINA, EM NOME DA DELEGAÇÃO OFICIAL DA RÚSSIA. ELE COMPLETOU 77 ANOS NO DIA 19 DE OUTUBRO - E ESTA DATA FOI CONSIDERADA A ABERTURA OFICIAL DA ERA NOOSFÉRICA, CONFORME MOÇÃO APROVADA DURANTE A SEÇÃO No V DO FÓRUM. PARABÉNS, DR. ULISSES, POR TODOS SEUS ESFORÇOS EM PROL DA PAZ MUNDIAL E DA ADOÇÃO DA CONSTITUIÇÃO NOOSFÉRICA.

O EVENTO CONTOU COM MAIS DE 500 DELEGADOS E REPRESENTANTES DE MAIS DE 60 PAÍSES. COMPARTILHAMOS ALGUMAS FOTOS DOS MAIS PRÓXIMOS, QUE TIVEMOS A OPORTUNIDADE DE CONHECER MAIS PESSOALMENTE. TAMBÉM SÃO LINDAS AS FOTOS DOS ESPETÁCULOS CULTURAIS ESPECIAIS, PODENDO COMPROVAR A RIQUEZA CULTURAL, BELEZA E ESPONTANEIDADE DESSE MARAVILHOSO POVO DO KAZAQUISTÃO, A QUEM APRESENTAMOS NOSSOS SINCEROS AGRADECIMENTOS.

CITAMOS NESTA OPORTUNIDADE O TRABALHO HERÓICO DO PRESIDENTE NURSULTAN NAZARBAYEV, QUE MUITO TEM INVESTIDO PARA MUDAR O ATUAL PARADIGMA DA GUERRA PARA A CULTURA DA PAZ. A RECEPÇÃO QUE NOS PROPORCIONOU SEM DÚVIDA TORNOU-SE UMA MEMÓRIA INDESCRITÍVEL E INESQUECÍVEL PARA TODOS QUE ACOMPANHARAM OS TRABALHOS E TROCARAM SUAS ENERGIAS POSITIVAS. NOSSOS AGRADECIMENTOS, EXTENSIVOS AO DR. TOLEGEN MUKHAMEJANOV, PELO TRABALHO INCANSÁVEL DE ORGANIZAÇÃO, ALCANÇANDO EXCELENTE NÍVEL EM TODOS OS SENTIDOS.

DRA. LIUBOV GORDINA TAMBÉM ESTÁ DE PARABÉNS PELA ELABOAÇÃO DA NOO-CONSTITUIÇÃO E PELA COORDENAÇÃO COMPETENTE DA CONCORRIDA SEÇÃO V, CUJO TEMA FOI “INICIATIVA DE ESTRATÉGIA GLOBAL DA SOCIEDADE MUNDIAL CIVIL: A CONSTITUIÇÃO ÉTICA-ECOLÓGICA E NOOSFÉRICA PARA A HUMANIDADE”

É COM GRANDE SATISFAÇÃO QUE APRESENTAMOS NOSSOS AMIGOS, ALGUNS ANTIGOS, OUTROS NOVOS, TODOS BRILHANDO COM MUITA ALEGRIA E ESPERANÇA DE UM MUNDO NOVO MELHOR E PROMISSOR PARA A HUMANIDADE E TODOS OS SERES VIVOS DO PLANETA.


DR. TOLEGEN MUKHAMEJANOV, Organizador do Evento
TANIA BELFORT, representante da NSEWA para o Brasil
e países da América Latina
Sir REINHART RUGE, pioneiro nos esforços pela paz mundial
O PORTAL DA GLÓRIA
INDO PARA O LANÇAMENTO DE UM FILME DO KAZAQUISTÃO
RECEPÇÃO PELAS CRIANÇAS E ADULTOS DE ASTANA
ESPETÁCULO FOLCLÓRICO COM DANÇAS TÍPICAS


O KAZACH E SUA COMPANHEIRA ÁGUIA :
SÍMBOLO DA HARMONIA CONQUISTADA COM OS ANIMAIS
JANTAR DE GALA COM OS EMBAIXADORES E DELEGADOS DA PAZ
APRESENTAÇÃO ARTÍSTICA DE GINÁSTICA OLÍMPICA
REPRESENTANTES DA NSEWA NA FRANÇA
MICHELE BILLORE E SEU ESPOSO YVES

DR. ALEXANDER TROFIMOV
PROFA NINA GONCHAROVA, PLANET 3,000

HALL PRINCIPAL DO FÓRUM

ENTRADA PRINCIPAL

MONUMENTO HISTÓRICO

PRAÇA CENTRAL DO FÓRUM

PRESIDENTE NURSULTAN NAZARBAYEV

OPERA HOUSE

CASA DO PRESIDENTE ATRÁS, LD

MAGNÍFICA TORRE GÊMEA

LOCAL OFICIAL DA SEÇÃO V

DR. ULISSES RIEDEL DE RESENDE
RECEBE CONDECORAÇÃO DA DRA. LIUBOV GORDINA,
EM NOME DO POVO DA RÚSSIA E DA NSEWA
DR. ROGER NELSON - UNIVERSIDADE DE PRINCETON, USA
GLOBAL CONSCIOUSNESS PROJECT
COM DR. BORIS PETROVIC, DO NOOSPHERE FORUM
REPRESENTANTE DA NSEWA NA SÉRVIA - BELGRADO
E NOVO AMIGO DO KAZAQUISTÃO
DR. VICTOR TUZLUKOV, da RÚSSIA
QUERIDA E PODEROSA PACHAMAMA
A FAMOSA PIRÂMIDE DE ASTANA
A ALEGRIA, PUREZA E TERNURA DO MONGE BUDISTA

RECEPÇÃO DOS DELEGADOS DA PAZ
POR VÁRIOS REPRESENTANTES DE
PROVÍNCIAS E GRUPOS ÉTNICOS



BORIS PETROVIC E ASKAR TYPAPOBHY
ARTISTA CLÁSSICA
SHALOM, MEUS AMIGOS, ATÉ LOGO MAIS, GOOD-BYE, ARRIVEDERCI

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

INTERVIEW WITH TANIA BELFORT by TONICO PORTELA ON NSEWA, NOO-CONSTITUTION AND WFSC-ASTANA



1)WHEN AND WHERE DID YOU MEET DR. LIUBOV GORDINA?

- I MET HER IN 2006, DURING THE SECOND BIOSPHERIC WORLD CONGRESS, HELD IN BRASILIA, BRAZIL.

2)WHAT IS NSEWA AND ITS MAIN CONTRIBUTION TO MANKIND?

- NSEWA MEANS “NOOSPHERIC SPIRITUAL ECOLOGICAL WORLD ASSEMBLY”. I THINK ITS MAIN CONTRIBUTION TO MANKIND WAS THE ELABORATION OF THE NOO-CONSTITUTION.

3)EXPLAIN TO US WHAT IS THE NOO-CONSTITUTION AND WHAT ARE ITS MAIN QUALITIES?

THE WORD NOO-CONSTITUTION MEANS “CONSTITUTION FOR THE NOOSPHERE, AND NOOSPHERE IS THE MENTAL SHIELD OR LAYER OF THE PLANET.

SOME OF ITS QUALITIES ARE:

- IT UNIFIES DIFFERENT POINTS OF VIEWS, RELIGIOUS, ECOLOGICAL, ETHICAL AND SCIENTIFIC THEORIES;

- IT GIVES US AN OPPORTUNITY TO UPGRADE OUR LEARNING ON THE DIFFERENT ISSUES THAT AFFECT HUMANITY PRESENTLY;

- IT DEMONSTRATES THAT A HARMONIOUS RELATIONSHIP BETWEEN LAW, CIENCE AND SPIRITUALITY IS POSSIBLE;

- IT IS A FOUNDATIONAL REFERENCE FOR US TO UNDERSTAND, ENTER AND ACTIVELY PARTICIPATE IN THE ACTIVITIES OF THE NOOSPHERE;

- IT PROVIDES PREVENTION OF RISKS AND SAFEGUARDING OF HUMANITY TREASURES, SUCH AS CULTURE, ECOLOGY, NATURAL RESORTS AND TERRITORIES;

- IT IS THE QUINTESSENCE OF HUMAN THOUGHT, SINCE IT DOES NOT GRANT PRIVILEDGES TO ANYONE, ANY STATE OR COUNTRY, BUT RATHER ACTS AS A MIRROR, REFLECING THE BEST IDEAS AND IDEALS OF MEN;

- IT IS A LEGAL DOCUMENT BUILT BY A COLLECTIVE INTERNATIONAL TEAM – NSEWA – AND ITS MISSION IS TO PROTECT THE VARIOUS GROUPS AS WELL AS THE INDIVIDUALS FROM PLANET EARCH AND OUTSIDERS;

4) WHAT CAN YOU SAY ABOUT THE WORLD FORUM OF SPIRITUAL CULTURE,

TO BE HELD IN ASTANA, NOW IN OCTOBER OF 2010?

FIRST OF ALL, I WANT TO CONGRATULATE THE PRESIDENT OF KAZAKHSTAN, MR. NURSULTAN MANDALAYEV, FOR HIS INITIATIVE AND VISION OF THE NEW CIVILIZATION AHEAD OF US; SECONDLY, TO THANK DR. LIUBOV GORDINA AND DR. LIMONAD FOR THE WONDERFUL TEACHINGS PRESENT IN THE NOO- CONSTITUTION; AND FINALLY, I WANT TO THANK THE PEOPLE AND GOVERNMENT FOR THE OPPORTUNITY TO PARTICIPATE AND CONTRIBUTE TO SUCH A NOBLE CAUSE; I WANT TO INVITE EVERYONE TO TAKE A LOOK AT THE FORUM, AND ALSO AT THE LOVELY AND MODERN CITY OF ASTANA, WHICH IS COMPLETING 10 YEARS NOW – IT IS CALLED “THE CITY OF HEAVEN”- AND WE CAN INDEED VALIDATE THIS SAYING WHEN WE SEE THE MARVELLOUS PROJECT OF ASTANA.

THIS FORUM IS A WONDERFUL OPPORTUNITY FOR THE MEN OF GOODWILL TO GATHER, DISCUSS, ENRICH AND IMPLEMENT NEW PARADIGMS FOR THE NEW CIVILIZATION, BASED ON ETHICAL, ECOLOGICAL AND NOOSPHERIC PRINCIPLES.

MANY THANKS!

TANIA BELFORT
STAR OF PEACE – BRAZIL OCT. 13, 2010

For contact: starofpeaceone@gmail.com